Compartilhe:


Como as eleições são obrigatórias no Brasil, é muito comum que muita gente vá até as urnas para protestar ou mesmo dizer que não se importa com quem será o vencedor daquela disputa. E existem maneiras de dizer isso na forma de um voto. É nesse sentido que os votos em branco e nulo aparecem. Mas qual a diferença entre eles?

O voto nulo é o voto de protesto. Basicamente, é uma forma de dizer que nenhum dos candidato representa o eleitor e, por isso, você decide que não vai votar em nenhum deles e insere um número inválido na urna, como 00. Já o voto em branco representa uma indiferença. É como se você dissesse que tanto faz quem vai ganhar.

Contudo, na prática, tanto o voto em branco quanto o nulo têm o mesmo peso: nenhum. De acordo com a Constituição de 1988, nenhum desses dois tipos de voto são computados na apuração, uma vez que não são considerados votos válidos.

Imagine que uma cidade tem 100 eleitores. 45 deles votaram no candidato A, 35 votaram no candidato B, 15 votaram em branco e outros 5 anularam seu voto. Nesse cenário hipotético, tem mais gente indiferente com o resultado do que protestando contra os nomes que participam. No entanto, isso pouco importa para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vai ignorar esses 20 votos e fazer a contagem somente dos 80 que escolheram entre os dois candidatos.

Eleições Eleições 2020

Compartilhe: