Compartilhe:


Quem deixou de fazer o cadastro biométrico dentro do prazo estipulado pelo Tribunal Regional Eleitoral de seu estado vai poder votar normalmente nas eleições de 2020 — diferente do que o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia comentado anteriormente. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o TSE optou por suspender o uso da identificação biométrica no dia da votação e, com isso, mesmo quem não fez o cadastro vai poder participar da festa da democracia no dia 15 de novembro.

No entanto, a liberação não vale para todo mundo. Quem teve o título cancelado por outros motivos ou em rodadas anteriores do cancelamento vai continuar impedido de votar. Nesses casos, será preciso esperar uma nova janela de regularização para ir ao TRE de sua cidade e regularizar a sua situação.

Eleições Eleições 2020

Compartilhe: